Xiaomi Redmi Note 8 Pro em 2020: vale a pena?

O Redmi Note 8 Pro foi uma boa surpresa no lineup de celulares intermediários da Xiaomi em 2019. Ele voltou às origens trazendo um processador da Mediatek — o Helio G90T — e foi considerado uma boa alternativa para quem procurava um celular barato para jogar.

No entanto, alguns meses se passaram e já existe sucessor para esse modelo. O Redmi Note 9 Pro voltou para a plataforma Qualcomm com um processador da linha 700, prometendo também um bom desempenho pelo preço cobrado. Por isso, nós vamos analisar as características do Note 8 Pro em relação ao seu sucessor e verificar se o modelo antigo ainda vale a pana em 2020.

Pontos desfavoráveis

  • O sensor biométrico fica muito próximo de uma das câmeras, podendo manchar a lente com as possíveis tentativas de desbloqueio
  • A câmera grande-angular não segue o bom desempenho da câmera principal. Ela não possui bom nível de detalhes e o alcance dinâmico não é muito bom.

Pontos medianos

  • O sensor biométrico é rápido, mas o reconhecimento facial utiliza apenas a câmera frontal, o que não é tão seguro
  • Os alto-falantes não impressionam, mas cumprem um bom papel pelo preço
  • A tela de LCD também não traz nenhum destaque, sendo boa para a maioria das pessoas, mas a de iPhones antigos ou AMOLEDs tem desempenho melhor
  • A câmera macro oferece uma outra alternativa para registro de fotos, mas possui apenas 2MP

Pontos altos

  • Boa construção que mescla bordas de plástico e traseira de vidro
  • Processador com boa performance para uso geral e jogos
  • Bateria de 4500 mAh com boa duração e carregamento rápido
  • A principal câmera traseira possui 64MP e traz um bom desempenho no geral. O mesmo se repete com a frontal de 20MP.

Atualizações de sistema

O Redmi Note 8 Pro foi anunciado no segundo semestre de 2019 com Android 9 e MIUI 10. Em julho de 2020, a Xiaomi confirmou que o aparelho receberá a MIUI 12, que provavelmente irá trazer o Android 11.

Comparação com o Redmi Note 9 Pro

VS
Dimensões e peso
161.4 x 76.4 x 8.8 mm, 200g
VS
165.8 x 76.7 x 8.8 mm, 209g
Tela
6,53″ IPS
1080 x 2340 Corning Gorilla Glass 5
VS
6,67″ IPS
1080 x 2400
Corning Gorilla Glass 5
Sistema
MIUI 10 (Android 9)
VS
MIUI 11 (Android 10)
Processador
Mediatek Helio G90T (12nm)
VS
Qualcomm Snapdragon 720G (8 nm)
Memória RAM
6GB
VS
6GB
Memória interna
64GB ou 128GB
VS
64GB ou 128GB
Câmera traseira
Principal de 64 MP f/1.9 26mm
Grande-angular de 8 MP f/2.2 13mm
Macro de 2 MP f/2.4
Sensor de profundidade de 2 MP f/2.4
VS
Principal de 64 MP f/1.9 26mm
Grande-angular de 8 MP f/2.2 13mm
Macro de 5 MP f/2.4
Sensor de profundidade de 2 MP f/2.4
Câmera frontal
20 MP f/2.0
VS
16 MP f/2.5
Bateria
4500 mAh
VS
5020 mAh

Design: empate

O Redmi Note 9 Pro possui design mais moderno, já que traz um recorte para a câmera frontal. Ele também corrigiu a posição do sensor biométrico, que agora fica na borda direita. No entanto, essas melhorias podem ser subjetivas. Para alguns, o Redmi Note 8 Pro é mais bonito e a posição do sensor é mais adequada, por isso, não há vencedor aqui. Vai de cada um.

Tela: empate

A tela do Redmi Note 8 Pro é menor, mas não há tanta diferença entre as resoluções e as tecnologias são as mesmas. O aproveitamento do display em relação ao corpo também é bem semelhante.

Câmeras: Redmi Note 9 Pro

Em relação às câmeras, o Redmi Note 9 Pro tem uma leve vantagem porque a câmera macro possui 5MP, em vez de 2MP. A câmera frontal também teve alteração, saindo dos 20MP f/2.0 para 16MP f/2.5. De resto, os sensores são iguais e há apenas algumas funções específicas para celulares com processador Qualcomm que influenciam um pouco na qualidade de imagem, por isso, o Redmi Note 9 Pro leva essa mas com pouca diferença.

Processamento e bateria: Redmi Note 9 Pro

Os processadores de cada smartphone vêm de fabricantes diferentes, mas o novo Redmi Note 9 Pro mostrou ser levemente superior em relação ao Redmi Note 8 Pro.

As medidas de armazenamento são as mesmas, mas o maior destaque do sucessor do Redmi Note 8 Pro é a bateria, que agora possui 5020 mAh. No entanto, os 4500 mAh ainda performam muito bem, por isso, consideramos mais uma vez uma leve vantagem para o Redmi Note 9 Pro.

Preço

Outro ponto chave que vai decidir a compra do modelo mais velho ou do mais novo é o preço. No dia 19 de julho, o Redmi Note 8 Pro estava custando R$ 1225,04 na Banggood. Já o Redmi Note 9 Pro, o valor era de R$ 1504,73. No fim das contas, isso é uma diferença de mais ou menos 23%. Vale ressaltar por possuir um sucessor, o Redmi Note 8 Pro está mais susceptível à receber promoções mais agressivas.

Vale a pena?

No fim das contas, ainda vale a apena o Redmi Note 8 Pro em 2020? Sim, mas com algumas condições. Ele ainda é um excelente intermediário, porque as melhorias do seu sucessor não foram muito drásticas.

Mas, as principais diferenças que favorecem o Redmi Note 9 Pro podem pesar mais para quem não quer trocar de celular tão cedo, por isso, acredito que o Redmi Note 8 Pro só vale a pena caso seja adquirido por um preço muito bom.

E caso você queira saber imediatamente quando houver uma promoção como essa, acompanhe nosso grupo no WhatsApp ou Telegram. Lá, nós postamos em vários dias da semana as melhores promoções de produtos importados e o Redmi Note 8 Pro pode estar entre elas. Confira também o último cupom de desconto do aparelho caso queira adquirir nesse momento clicando aqui.

Alguma dúvida? Escreva um comentário

      Deixe uma resposta

      Promo da China